O FC Porto já chegou a acordo com os mexicanos do Club América para a contratação do guarda-redes argentino Agustín Marchesín.

De acordo com as informações avançadas quer pelo jornal Record, quer pelo Mais Futebol, o guarda-redes de 31 anos irá assinar por quatro épocas e custará aos cofres da SAD dos azuis e brancos cerca de 7,2 milhões de euros - qualquer coisa como 8 milhões de dólares.

Quanto ao ordenado anual, Marchesín irá auferir cerca de 2,8 milhões de euros brutos, o que líquido irá perfazer perto de 1,5 milhões de euros.

Marchesín irá viajar para Portugal esta semana, a tempo de ser inscrito na pré-eliminatória da Liga dos Campeões, onde o FC Porto defronta o Krasnodar.

O internacional argentino era um pedido expresso de Sérgio Conceição, dado que a contratação de Kevin Trapp avizinhava-se cada vez mais complicada. A vontade do jogador, que fez muita força para rumar ao FC Porto apesar da pressão dos adeptos para ficar, foi determinante para as duas partes chegassem a um entendimento.

A contratação de Marchesín coloca um ponto final no processo de escolha do sucessor de Casillas na baliza portista, que teve em cima da mesa vários nomes, entre eles Keylor Navas, Anthony Lopes, Koubek, Kevin Trapp, Buffon e, mais recentemente, Gerónimo Rulli.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.