O avançado é um dos jogadores mais utilizados da 'briosa' nas últimas temporadas, com mais de centena e meia de jogos realizados, e um dos símbolos do clube, depois de, em 2012, na final da Taça de Portugal, ter apontado o golo frente ao Sporting que levou os 'estudantes' à conquista do troféu.

"Estou bastante feliz por ter renovado contrato. Quero enaltecer a postura que a direção teve comigo, pois mostraram enorme vontade em continuar a ver-me com esta camisola e isso, para mim, é o mais importante", disse o jogador, em declarações ao sítio oficial da Académica na Internet.

Segundo a direção, a renovação do contrato de Marinho, que terminava no final da próxima época, implicou uma redução salarial, "que foi prontamente aceite" pelo atleta.

O comunicado da Académica salienta "a atitude e a postura apresentadas pelo jogador durante todo o processo negocial, na certeza de que a braçadeira de capitão não poderia estar melhor entregue".

"Sei que o clube atravessa uma nova realidade e nunca poderia ter ficado indiferente a isso. Na verdade, foi muito fácil chegar a um acordo. Vamos ter uma época repleta de desafios pela frente, mas tenho a certeza que, com muito trabalho, dedicação, e sobretudo com o apoio da cidade de Coimbra, iremos concretizar o nosso objetivo", frisou Marinho, que ingressou na 'briosa' em 2011.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.