Depois de o Marítimo ter vencido o Benfica na primeira jornada da I Liga, Paulo Fonseca está consciente que, no domingo, irá defrontar uma «equipa moralizada e motivada».
«Vamos defrontar uma equipa moralizada e motivada, fruto do que fez no primeiro jogo. O Marítimo, do Pedro Martins, gosta de ter bola e não tenho dúvidas que é um sério candidato aos lugares cimeiros da tabela. Todas as equipas podem contribuir para melhorar a qualidade do nosso campeonato, e o Marítimo é uma delas», disse, esta sexta-feira, o treinador portista Paulo Fonseca, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Marítimo, que se realizou no auditório do Centro de Treinos, no Olival, em Vila Nova de Gaia.
O treinador dos Dragões preferiu não fazer uma avaliação à prestação das outras equipas na primeira ronda, realçando que o FC Porto é, neste momento, uma equipa «tranquila e serena».
«Sobre as outras equipas não quero falar. Vivemos em função daquilo que fazemos. Vencemos a Supertaça e o primeiro jogo do campeonato. Estamos tranquilos e serenos, mas conscientes das dificuldades neste campeonato. Haverá outras equipas fortes a lutar pelos mesmos objetivos que nós», referiu.
«Nesta casa, se há coisa que todos percebemos, é que não pode haver momentos de descontração, independentemente do que fazem outros clubes. O FC Porto tem de entrar em todos os jogos para vencer. Vai ser o nossos primeiro jogo em casa e contamos ter aqui muito apoio do nosso público. Temos a obrigação de vencer», acrescentou.
O FC Porto defronta, este domingo às 19h45, o Marítimo, no Estádio do Dragão, em desafio a contar para a segunda jornada do campeonato português. Recorde-se que a equipa insular tem os mesmos três pontos que os azuis e brancos, fruto da vitória na Madeira sobre o Benfica na jornada inaugural da I Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.