O Marquês de Pombal transformou-se hoje numa ‘mega discoteca à pinha’ de adeptos do Benfica, que esperam a chegada dos novos tricampeões de futebol.

Pelas 21:00, a praça montada para os festejos estava lotada, numa altura que já não cabe ninguém na praça do Marquês de Pombal, ao som do ‘We are the Champions’, dos Queen.

Neste momento, a praça lisboeta parece mais uma discoteca ao ar livre, com muita gente a dançar e aos pulos.

No local onde está montado o palco que ‘aguarda’ os tricampeões nacionais, dois écrans gigantes passam os lances principais da temporada, com muita gente a festejar os golos nos ‘falsos diretos’.

O Benfica sagrou-se tricampeão português de futebol, feito que não conseguia desde 1976/77, ao vencer na Luz o Nacional por 4-1, em encontro da 34.ª e última jornada da I Liga portuguesa de futebol.

O argentino Gaitán, aos 23 e 65 minutos, o brasileiro Jonas, aos 65, e Pizzi, aos 84, marcaram os golos da formação comandada por Rui Vitória, que terminou a prova com um recorde de 88 pontos, contra 86 do Sporting, de Jorge Jesus.

A formação ‘encarnada’ consolidou a liderança do ‘ranking’ dos campeões, ao somar o 35.º troféu, contra 27 do FC Porto e 18 do Sporting, enquanto o Nacional, pelo qual marcou Salvador Agra, aos 90+1 minutos, ficou em 11.º, com 38.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.