O FC Porto manteve hoje a liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer fora o Desportivo de Chaves, por 4-0, em jogo da 22.ª jornada.

O brasileiro Soares, aos 15 e 28 minutos, o maliano Moussa Marega, aos 57, e o português Sérgio Oliveira, aos 90+1, marcaram os golos dos ‘dragões’, que passaram a somar 55 pontos, mais dois do que o Benfica (mais um jogo disputado) e cinco do que o Sporting.

O Desportivo de Chaves, que apenas venceu um dos últimos quatro encontros, segue na sexta posição, com 30 pontos.

No final do jogo, Maxi Pereira mostrou-se muito satisfeito com a titularidade e com o triunfo do FC Porto antes do regresso às competições europeias.

"É um adversário muito duro no seu campo, jogaram muito bem, mas o FC Porto entrou bem com muito respeito e conseguimos três pontos muito importantes. O Chaves é uma equipa que gosta de jogar, de disputar o jogo, não fica lá atrás à espera das equipas grandes, sabíamos que ia ser dificil, mas o FC Porto preparou muito bem o jogo pois sabemos que a partir de agora teremos sempre finais", começou por dizer Maxi Pereira em declarações à Sport TV.

"Foi importante na primeira parte sair a ganhar, por sorte conseguimos marcar golos o que nos deu tranquilidade para controlar o resultado. Não entramos a pensar no jogo de quarta-feira pois o nosso primeiro objetivo é o campeonato. Agora, temos que continuar este caminho pois serão três meses muito duros", acrescentou o internacional uruguaio sobre a semana exigente que se avizinha.

"O importante é que todos se sintam úteis, quando há a oportunidade temos que aproveitá-la. Este é um grupo e precisamos de todos, hoje tocou-me a mim amanhã tocará a outro companheiro, é fundamental que todos se sintam importantes. Quando ganhamos, ganhamos todos", sentenciou Maxi Pereira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.