O antigo internacional espanhol, Gaizka Mendieta, falou sobre a forma como Iker Casillas recuperou a titularidade na baliza do FC Porto depois de ter sido relegado para o banco pelo jovem José Sá.

Em declarações ao jornal O JOGO, o antigo companheiro de equipa de Casillas na seleção espanhola considerou que o banco de suplentes 'fortaleceu' o guardião portista.

"Certamente que o Casillas não gosta de ir para o banco, mas isso fortaleceu-o.Como jogadores temos de ser capazes de entender as diferentes etapas da carreira, e o Casillas está na última reta da sua e isso pode acontecer", afirmou Mendieta.

"Por ser uma posição muito específica, é mais difícil tirar um guarda-redes da equipa. Mas é preciso ser forte mentalmente", acrescentou o antigo jogador do Valência.

"O último ano no Real Madrid já não tinha sido fácil, mas serviu para o fortalecer e poder agora encarar estas situações de uma forma diferente. Quando se cai uma vez, devemos ser capazes de nos levantar; se cairmos segunda vez, teremos de saber reagir de igual forma e por aí fora", frisou Mendieta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.