O Moreirense apresentou condolências pela morte do treinador Vítor Oliveira, ocorrida hoje, aos 67 anos, lembrando um “ser humano de excelência”, que orientou o clube da I Liga de futebol em duas fases distintas.

“Partiu uma das grandes referências da classe de treinadores em Portugal. Um ser humano de excelência, que tão bem dignificou os valores do nosso clube e que será para sempre lembrado como um de nossos. Em breve, toda esta consternação se tornará em lembrança”, lê-se em comunicado publicado no sítio oficial dos minutos na Internet.

Ao longo de mais de três décadas nos bancos, entre 1978 e 2020, Vítor Oliveira orientou duas vezes o Moreirense, participando na descida à II Liga, em 2004/05, e na subida à I Liga, em 2013/14, responsável pelo quarto de seis títulos somados naquele patamar.

“São recordações de todas as páginas escritas por um profissional de excelência e que tanto ainda tinha a dar ao futebol”, termina a nota do emblema da vila de Moreira de Cónegos, pelo qual somou 24 vitórias, 26 empates e 20 derrotas, em 70 encontros.

Vítor Oliveira, que morreu hoje em Matosinhos, ficou conhecido como ‘rei das subidas’, ao conseguir 11 promoções ao principal escalão, em 18 presenças.

Em mais de 30 anos, entre 1978 e 2020, comandou Famalicão, Portimonense, Maia, Paços de Ferreira, Gil Vicente, Vitória de Guimarães, Académica, União de Leiria, Sporting de Braga, Belenenses, Rio Ave, Moreirense, Leixões, Trofense, Desportivo das Aves, Arouca, União da Madeira, Desportivo de Chaves e Paços de Ferreira.

Como futebolista, vestiu as camisolas de Leixões, Paredes, Famalicão, Sporting de Espinho, Sporting de Braga e Portimonense.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional decretou um minuto de silêncio nos jogos a realizar durante este fim de semana, em memória de Vítor Oliveira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.