A vinda de Memphis Depay para o FC Porto complicou-se depois de José Mourinho ter afirmado que não pretende deixar sair jogador por empréstimo. O extremo holandês estava a ser associado aos ‘dragões’ por empréstimo, mas as declarações do técnico colocam a operação em risco.

Numa declração à imprensa inglesa o treinador realçou que não pretende ‘prender’ nenhum jogador contra a sua vontade, mas que qualquer saída será decidida pelos termos do Manchester United e de mais nenhum clube.

“Se um jogador não estiver a jogar e quiser sair, não temos o direito de não o deixar sair. Mas tem de aceitar as nossas condições. Neste momento, não recebemos uma única proposta que iremos aceitar”.

O extremo de 22 anos tinha sido um dos jogadores apontados ao FC Porto como possível substituto de Yacine Brahimi que está de saída para a Taça das Nações Africanas. Os ‘dragões’ vão manter o jogador debaixo de olho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.