Logo depois de confirmada a reeleição de Luís Filipe Veira para mais um mandato de três anos, com 91,74 por cento dos votos, Rui Rangel, um dos elementos do Movimento, admitiu à Agência Lusa a possibilidade de um "pedido de impugnação do acto eleitoral ou vir a tomar acções próprias de anulação" do sufrágio.

No entanto, o Movimento Benfica Vencer, Vencer, esclarece hoje em comunicado que não irá intentar qualquer acção judicial, embora vá continuar "atento e vigilante no que entende serem os mais altos interesses do Sport Lisboa e Benfica".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.