O grupo de associados sublinha que a recontagem dos votos foi feita "sem fiabilidade e sem transparência", acrescentando que "os talões [de votos] estiveram depositados em urnas não seladas, tendo sido transportadas em viaturas descaracterizadas e guardadas em local incerto, durante todos estes meses".

Leia o comunicado na íntegra:

"Relativamente ao comunicado publicado ontem [segunda-feira passada] pelo presidente da mesa da Assembleia Geral do Sport Lisboa e Benfica, refere o Servir o Benfica o seguinte:

Saúda-se o reconhecimento da necessidade de aprovação de um Regulamento Eleitoral. O Servir o Benfica apresentou atempadamente a sua proposta, salvaguardando a democracidade histórica do clube.

Exortamos o PMAG a disponibilizar o regulamento entregue pelos subscritores do requerimento para convocação da AGE nos canais oficiais do clube e apreciação por parte dos associados do Sport Lisboa e Benfica.

Mantemos a nossa disponibilidade para colaborar com a PMAG no auxílio aos trabalhos de preparação da AGE solicitada.

A contagem dos votos comunicada ontem [segunda-feira passada] não foi solicitada pelos subscritores do requerimento mas a sua apresentação permitiu validar a premência de auditar o processo eleitoral de 2020, nomeadamente nos contratos celebrados com as diversas entidades responsáveis pela recolha, guarda e manutenção das urnas.

Ao contrário do que refere o PMAG no seu comunicado, os talões estiveram depositados em urnas não seladas tendo sido transportadas em viaturas descaracterizadas e guardadas em local incerto, durante todos estes meses. Como todos os benfiquistas puderam verificar, não foi a Reisswolf que recolheu as urnas durante a noite de 28 de outubro.

Saúda-se a atitude dos representantes das listas concorrente sem outubro último que recusaram participar numa 'contagem' de votos nove meses depois do ato eleitoral para legitimar o voto eletrónico não auditado por nenhuma entidade independente.

Depois de julho, o presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sport Lisboa e Benfica refere agora agosto ou setembro como datas propostas para a marcação de Reunião de Assembleia Geral Extraordinária. Que, desta vez, todas as condições se reúnam para que a sua marcação com a ordem de trabalhos solicitada seja uma realidade".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto