Alex Telles esstá a ser representado por Pini Zahavi, conhecido empresário israelita, desde dezembro último, aspeto que poderá vir a ser determinante para a definição do futuro do lateral-esquerdo no próximo mercado de transferências. Quem o escreve é o jornal 'Record' na sua edição desta quarta-feira.

É público que o FC Porto precisa de fazer um encaixe financeiro considerável no 'defeso' e os 'dragões' acreditam poder vir a encaixar os 40 milhões de euros que constam da sua cláusula de rescisão do brasileiro, apesar de este terminar o seu vínculo com o clube no ano seguinte, altura em que poderá sair 'a custo zero'.

Com Pini Zahavi, nome de peso no panorama do mercado de transferências internacional, a representar agora Alex Telles, tal poderá permitir uma melhor exploração a exploração do mercado, sobretudo do inglês, onde o empresário tam vários contactos. De Inglaterra já surgiram, no passado, notícias do interesse de alguns clubes, com o Chelsea à cabeça, e Pini Zahavi tem na Premier League a sua principal área de influência, influência essa comprovada por alguns dos últimos negócios que intermediou.

A ajudar a uma eventual mudança de Alex Telles para terras de 'Sua Majestade' está o facto de o jogador ter passaporte italiano há já vários anos, o que lhe permitirá obter uma licença de trabalho comum.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.