Adam Nagy está mais longe de se associar ao Benfica. A transferência do médio do Ferencaváros aparenta ter todos os contornos acordados, mas é o jogador que está hesitante na mudança para as águias.

De acordo com o jornal ‘O JOGO’, o médio húngaro quer ser titular no clube para o qual se transferir para manter o estatuto dentro da seleção ‘magiar’.

Como tal, perante a concorrência que vai ter dentro do plantel dos ‘encarnados’, Nagy vê com melhores olhos uma ida para um emblema em que tenha mais hipóteses de jogar com frequência.

Palermo, Marselha e Bolonha também estão na corrida com o último a surgir como o mais forte candidato a ‘roubar’ Nagy ao Benfica. De acordo com a imprensa italiana, o emblema transalpino quer contar com Adam Nagy e oferece 400 mil euros por anos ao jogador.

Para já, Rui Vitória tem algumas opções para o meio-campo. Para além dos reforços André Horta e Celis. Nagy ia ter a oposição de Samaris, Fejsa, João Teixeira, Anderson Talisca na luta por um lugar no 11 inicial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.