Paulo Sérgio confirmou esta tarde o convite do V. Guimarães para suceder a Nelo Vingada como técnico dos minhotos, mas garante que não vai forçar a saída do P. Ferreira. "Tenho a ambição de treinar um grande clube como o Vitória de Guimarães e isto mexe connosco e faz-nos pensar, mas não cuspo no prato em que como. Tenho um grande respeito e gratidão pelo clube que me deu a oportunidade de treinar na Liga", disse o treinador dos pacenses, que logrou alcançar na última época a qualificação para a final da Taça de Portugal e consequente presença nas competições europeias.

O timoneiro da equipa pacense revelou ainda que "há três dias a esta parte" que decorrem conversas sobre este tema, mas lamenta que as mesmas se tenham tornado públicas. "As coisas não deviam ter sido resolvidas assim", frisou Paulo Sérgio, confiante de que os responsáveis dos dois emblemas vão "encontrar a melhor solução para o caso".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.