O advogado de Bruma mostrou-se surpreendido com a decisão da Comissão Arbitral Paritária (CAP), que deu hoje razão ao Sporting no processo do futebolista, considerando que o contrato entre o clube o internacional sub-20 português é válido.

Em declarações à agência Lusa, Bebiano Gomes admitiu que «não esperava de todo» esta decisão e adiou qualquer outra reação, visto que ainda não tinha tido acesso ao acórdão do processo.

«Não estava de todo à espera desta decisão. Temos de respeitá-la e ver qual o fundamento para depois poder abordar esta questão», afirmou o advogado de Bruma.

Reunida hoje à tarde na sede da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), no Porto, a CAP anunciou que foram "julgados totalmente improcedentes os pedidos do requerente", ou seja, Bruma, que reclamava a invalidade do vínculo com o Sporting até final da época 2013/14.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.