O defesa central Ricardo, do Vitória de Guimarães, disse hoje que não existe qualquer quebra de rendimento na equipa, que não vence na Liga portuguesa de futebol há mais de um mês.

Quinto classificado, com 12 pontos, tantos quantos partilha Olhanense, Sporting e Vitória de Setúbal, o conjunto vitoriano perdeu na segunda-feira em Setúbal, aumentando para três o número de jogos em que não conseguiram ganhar (duas derrotas e um empate).

O último triunfo, na quinta jornada (18 de Setembro), foi sobre a União de Leiria, em casa. Entretanto, eliminou da Taça de Portugal o Atlético da Malveira, da III divisão, há menos de duas semanas, em jogo disputado no D. Afonso Henriques.

“Os resultados poderão indiciar isso, mas não acredito que exista qualquer quebra de rendimento, apenas foi um momento menos feliz da nossa parte”, afirmou Ricardo hoje na sala de imprensa do complexo vitoriano sobre o desaire com os sadinos (2-1).

O equipa comandada por Manuel Machado recebe o Portimonense na nona jornada (segunda feira, às 20h15) e o jogador que esta temporada chegou a Guimarães proveniente do Paços de Ferreira diz que o Vitória tem de entrar “para ganhar e, de preferência, marcar cedo para que as coisas se tornem mais simples”.

Ricardo, de 30 anos, disse estar à espera de um adversário “mais fechado e à espera do erro do Vitória de Guimarães”, até pela posição que ocupa na tabela (13.º, com sete pontos), mas assegurou que a equipa está a “preparar bem o jogo para conseguir os três pontos”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.