Leonardo Jardim reafirmou hoje que o Sporting de Braga não é candidato ao título, apesar de estar a apenas três pontos da liderança e poder ver essa diferença reduzida na 21.ª jornada da Liga de futebol.

A equipa minhota pode beneficiar do "clássico" de hoje entre Benfica e FC Porto, mas para isso tem que vencer na Madeira o Nacional, no sábado, o que só aconteceu uma vez nos últimos dez anos, notou o treinador.

Numa sala de imprensa com mais jornalistas do que é habitual, Leonardo Jardim continuou a dizer que o objetivo é ficar entre os quatro primeiros lugares e depois tentar a melhor classificação, mas introduziu uma ‘nuance’ no discurso, notando que importa «não queimar etapas».

O técnico considerou ainda que não tem um discurso cauteloso, mas real: «Temos de perceber que o campeonato só agora está a partir para o último terço, temos objetivos definidos pela direção e não podemos queimar etapas».

«Ainda esta semana ouvi o nosso selecionador [Paulo Bento], e bem, dizer que para ser campeão [europeu] antes tem de passar a fase de grupos», disse.

Jardim não quis dizer qual o resultado que prefere para o "clássico" da Luz de hoje à noite, mas notou que «não vão ganhar os dois».

«O único resultado em que os jogadores do Braga podem ter alguma influência é no jogo com o Nacional para consolidar a terceira posição e aproximarmo-nos do segundo», disse.

O técnico disse estar à espera de dificuldades na "Choupana" porque «o Nacional é uma equipa de qualidade, que atravessa talvez o seu melhor momento da época», recordando que o Braga só lá ganhou uma vez nos últimos dez anos.

«Temos de estar no limite das nossas faculdades para atingir os nossos objetivos» que passam por alcançar a décima vitória consecutiva no campeonato.

Sobre as palavras de Lima, que assumiu a candidatura da equipa ao título no final da goleada (4-0) sobre o Vitória de Guimarães na última jornada, atribui-as à «euforia» do momento.

«Todos sabemos bem o que está delineado e falamos todos a uma só voz», disse.

O Sporting de Braga é terceiro classificado, com 46 pontos, enquanto o Nacional ocupa a sétima posição, com 25, e defrontam-se no sábado, às 18h30, no Estádio da Madeira, com arbitragem de Vasco Santos, do Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.