Dias depois da eliminação do FC Porto na Liga dos Campeões, Paulo Fonseca sentou-se no auditório do Centro de Treinos do Olival para revelar que se sente frustrado por esse afastamento.
«É uma frustração não seguirmos em frente, os jogadores e eu manifestamos isso mesmo. Queríamos ter passado à fase seguinte. Agora, acredito também que não podemos operar o passado e temos de olhar para o futuro com otimismo, não podendo mudar o passado, podemos construir o futuro», disse, esta sexta-feira, o treinador do FC Porto na conferência de imprensa de antevisão ao encontro contra os vila-condenses.
Os portistas saíram da Champions ao perder por 2-0 com o Atlético de Madrid na última jornada da fase de grupos.
«Acho que é evidente o que tem faltado no FC Porto… Cheira a desculpa aquilo que vou dizer, mas não é fácil vencer no Calderón. Vejam os jogos do Atlético em casa e vejam quem conseguiu ganhar. Se o FC Porto concretizar as oportunidades pode ser uma equipa perfeita. O FC Porto está preparado para tudo», acrescentou.
O FC Porto, segundo classificado com 27 pontos, visita, este domingo, a cidade de Vila do Conde para defrontar o Rio Ave (oitavo com 16 pontos) na 13.ª jornada do campeonato português.
Recorde-se que os Dragões estão a dois pontos do líder Sporting, que esta semana recebe o Belenenses.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.