O treinador do Feirense atribuiu hoje favoritismo ao FC Porto no jogo de domingo, da quinta jornada da Liga de futebol, mas garantiu que os seus jogadores estão motivados para pontuar.

Numa conferência de imprensa realizada na nova estrutura do Estádio Marcolino de Castro, que acolherá a comunicação social, Quim Machado foi peremtório quanto às qualidades do campeão nacional.

«Não havendo jogos fáceis ou difíceis, a verdade é que o nosso adversário tem um nome forte e vai apresentar a melhor equipa. A única alteração deverá ser a inclusão de Guarin no ‘onze’ inicial. Acredito que o Hulk e o Álvaro Pereira vão jogar de início, ou seja, o FC Porto vai apresentar-se muito forte», disse.

O treinador dos fogaceiros não esconde, porém, a ambição de pontuar diante do líder 100 por cento vitorioso e mantém a confiança no potencial da sua equipa para surpreender.

«O FC Porto está habitado a ganhar e, apesar da nossa dimensão, também trabalhamos para ganhar. Não posso pensar de outra forma que não seja a de incutir ambição nos meus jogadores. Temos respeito pelo FC Porto mas não temos medo», sublinhou.

Por seu lado, o avançado Rabiola, que defrontará a sua antiga equipa, confia numa boa atuação do Feirense, admitindo o sabor especial do reencontro.

«É um clube que me deu tudo. Devo algo daquilo que sou como homem e como jogador ao FC Porto. No entanto, confesso que teria um sabor especial marcar ao FC Porto», frisou.

Depois de se estrear a marcar na prova com o Benfica, no jogo da segunda jornada, Rabiola espera uma exibição ao nível da do Estádio da Luz.

«Não vamos dar os pontos de mão beijada. A equipa está preparada para fazer uma boa exibição e lutar pela vitória», referiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.