O futebolista brasileiro Nathan assinou contrato com o Boavista até junho de 2025, enquanto o nigeriano Kuku Fidelis terminou o período de empréstimo e regressou ao Vizela, confirmou hoje à Lusa fonte do clube da I Liga.

Nathan, de 19 anos, ingressou nos ‘axadrezados’ em setembro de 2020, cedido pelos brasileiros do Vasco da Gama, e efetuou nove jogos e marcou um golo pela equipa de sub-23, acrescentando ainda 15 presenças pela formação principal, uma das quais a titular.

O defesa assumiu-se como alternativa ao internacional norte-americano Reggie Cannon, habitual titular na ala direita da defesa do Boavista, o que terá convencido a SAD a acionar a cláusula de opção de compra definida aquando da formalização do empréstimo.

Nathan tem estado envolvido desde segunda-feira no arranque da pré-temporada dos portuenses, ao contrário do avançado Kuku Fidelis, que acabou a sua passagem pelo Bessa e voltou ao Vizela, clube recém-promovido à I Liga e no qual se estreou como sénior.

O extremo, de 22 anos, sobressaiu com seis golos em 18 jogos pela equipa de sub-23 ‘axadrezada’ e competiu seis vezes nas últimas rondas da I Liga, sempre como suplente utilizado, configurando a nona saída do Boavista na preparação da época 2021/22.

A formação orientada por João Pedro Sousa já tinha assistido recentemente ao fim das cedências dos guarda-redes Léo Jardim (Lille) e Cristian (Atlético Mineiro), dos defesas Cristian Devenish (Atlético Nacional) e Jesús Gómez (Atlas), dos médios Angel Gomes (Lille), Nuno Santos (Benfica) e Show (Lille) e do avançado Jorge Benguché (Olimpia).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.