Dois golos no decurso dos primeiros 45 minutos saldaram a igualdade entre os dois emblemas, marcando Pizzi (35) para o Covilhã e Diego (45) para a Naval.

Na etapa inicial a turma figueirense apresentou no "onze" inicial os jogadores mais utilizados, enquanto na complementar apresentou uma equipa em que predominavam os menos utilizados.

Na turma dos 'leões da serra' jogaram pela primeira vez os novos reforços, Alberto, ex-União de Leiria, e Joãozinho e Adul Balde, ambos ex-Vitória de Setúbal.

No final do particular, Augusto Inácio disse que "foi um bom treino" em que a Naval "mostrou muito rigor, faltando-lhe no entanto alguma arrogância ofensiva". "Estes jogos servem para reafinar as coisas", expressou.

Por sua vez, João Salcedas salientou que "defrontar uma equipa de ritmo elevado, como é o caso da Naval, traduz-se sempre uma boa sessão de trabalho".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.