O Benfica visita esta sexta-feira o terreno do Paços de Ferreira, em encontro referente à 34.ª e última jornada da I Liga 21/22 e, na conferência de imprensa de antevisão à partida, o ainda treinador das águias, Nelson Veríssimo, que irá fazer o seu último jogo ao leme dos encarnados, aproveitou para fazer um balanço da temporada.

"Fizemos de tudo para conseguir outro tipo de resultados, mas não conseguimos. Não conquistámos qualquer título, por isso é uma época má nesse sentido, mas importa também olhar para o copo meio cheio e ver que esta equipa também fez coisas interessantes, como por exemplo o percurso na Liga dos Campeões", começou por sublinhar.

"A equipa, com todo o mérito, foi passando as eliminatórias. Recordo-me que quando calhou o Ajax, à semelhança de Liverpool e Sporting, é que o resultado já estava feito e nós provámos que assim não era. A equipa deu respostas muito positivas e demos uma boa imagem na Champions. Mas a nível interno o objetivo era ser campeão, não conseguimos, também não conseguimos o objetivo a seguir a esse, que era terminar em segundo, por isso podemos falar em falhanço, ainda que também tenham sucedido coisas positivas", acrescentou.

"E houve ainda vários jogadores que cresceram. O Darwin, o Weigl, o Everton...o Gonçalo Ramos e Paulo Bernardo tiveram maior volume competitivo. Abrimos portas a outros jovens, como o Henrique Araújo,… não se conquistou nenhum título, mas ocorreu uma série de coisas positivas", vincou.

O treinador falou, depois, do que leva a título pessoal desta segunda passagem pelo leme das águias.

"É a segunda vez que esta porta se abriu para mim, em circunstâncias não muito fáceis, mas acredito que se irá voltar a abrir noutro contexto e noutro momento. Esta porta vai voltar a abrir-se e permite-me-à trabalhar noutro tipo de contexto. Não é fácil fazer alterações quando o campeonato já está a decorrer, por isso era normal a equipa não dar uma resposta tão válida num momento tão inicial, mas os jogadores quase sempre foram correspondendo", destacou.

"Paços num momento muito bom"

Nelson Veríssimo debruçou-se depois mais especificamente sobre o jogo com o Paços de Ferreira.

"Esperamos fazer um bom jogo e terminar com uma vitória. Pelo facto das duas equipas já terem a situação definida, não desvaloriza a importância deste encontro. O Paços está num momento muito bom, desde que o César chegou. Sabemos que vai ser um jogo difícil e temos de o encarar como se fosse o primeiro jogo da época. Terminar a época da melhor forma seria vencer este encontro", afirmou.

O técnico não quis avançar com as opções que vai colocar em campo na partida na Capital do Móvel, mas garantiu que, naturalmente, os jogadores que entrarem em campo entrarão com o objetivo de vencer.

"Acima de tudo, vamos ter um Benfica à procura de ganhar. Uma vez que é o último jogo da Liga, e com a situação já definida, e tendo em conta também castigos e lesões, vão haver alterações e na convocatória estarão jogadores da equipa B que ainda não estiveram na A", adiantou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.