O Sporting, voltou, mais uma vez, a queixar-se de uma campanha de ruído orquestrada pelo Benfica para esconder alegados favorecimentos de arbitragem ao clube da Luz.

Em declarações à SIC Notícias, Octávio Machado, diretor desportivo dos 'leões', reforçou a indignação do Sporting perante aquilo que o emblema leonino considera ser uma desvalorização do trabalho desenvolvido por Jorge Jesus e Bruno de Carvalho em Alvalade, e voltou a atacar o Benfica e os seus dirigentes.

"Nenhum dos outros clubes exerceu tanta pressão sobre a arbitragem como o Benfica. O FC Porto é um adversário como qualquer outro, mas a esse nível tem estado calminho", começou por dizer Octávio Machado.

"Houve um levantamento de poeira e contaminação do ambiente do futebol português para esconder a arbitragem de Guimarães, é preciso fazer barulho para esconder aquilo. Foi um escândalo", atirou o dirigente do Sporting sobre o jogo entre Benfica e Vitória Sport Clube.

Questionado sobre a justiça do primeiro lugar ocupado atualmente pelo Sporting, Octávio Machado não tem dúvidas de que o estatuto de líder pertence à equipa que mais 'qualidade' tem apresentado como equipa.

"Era o que faltava o melhor perder. Isso só acontece quando há interferências. Os melhores espetáculos têm ocorrido em jogos do Sporting", atirou o antigo treinador.

"Jesus nunca meteu em causa o caráter de ninguém, já o caráter de Jorge Jesus tem sido, desde o primeiro dia em que assinou pelo Sporting, o alvo prioritário de uma série de pessoas", frisou Octávio Machado sobre a constante troca de palavras entre Jorge Jesus e Rui Vitória.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.