Chegar e ser emprestado. Desde que assinou pelo Benfica tem sido esta a vida de Nuno Coelho. Sem oportunidades no plantel de Jorge Jesus, o médio vai para a sua segunda época de empréstimo. Depois de Beira-Mar, segue-se o Aris de Salónica.

Em declarações ao SAPO Desporto, o médio esclarece que um novo empréstimo, esta época, pareceu desde cedo o cenário mais provável, até porque, à exceção de Rui Costa, nenhum outro elemento do clube encarnado falou com ele durante a sua estada em Aveiro, ao serviço do Beira-Mar.

«Obviamente que oportunidades todos os jogadores que estão emprestados esperam. O facto é que depois de ter estado emprestado uma época na Primeira Liga, e um ano em que joguei muito, esperava voltar ao Benfica. Neste momento, o Benfica é que tem de responder a essa situação. Tirando o Rui Costa, ninguém do Benfica ou da equipa técnica falou comigo no último ano.»

Questionado sobre se mais este ano a rodar num clube grego poderá dar-lhe a maturidade para ter finalmente uma oportunidade no Benfica, Nuno Coelho responde com números.

«Sinceramente não é muito importante o facto de vir rodar mais uma época. Não é essa época que me vai dar mais maturidade. Eu já levo nove épocas de sénior. Sou jovem mas não será o facto de fazer mais uma época fora e a jogar com regularidade que me irá fazer mais jogador para estar no Benfica. Nos clubes por onde passei joguei sempre.»

Nesta nova fase da sua vida, o Aris Salónica, o médio veio encontrar um plantel jovem, mas com ambição e que o recebeu muito bem.

«Este ano houve uma reformulação no plantel. Contamos, praticamente, só com jogadores jovens. O objetivo do Aris, neste momento, passa por estabilizar a equipa e encontrar alguma maturidade para que possamos garantir rapidamente a manutenção, e depois pensar noutros objetivos (…) Aqui todos me receberam bem e esta é uma nova experiência que, por agora, está a correr da melhor forma.»

A crise é um dos temas mais badalados quando se fala na Grécia, contudo o médio diz que não vê nada neste país que já não tivesse visto em Portugal.

Aos 24 anos, o jogador espera corresponder ao interesse que o clube grego, desde cedo, mostrou em si.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.