O Benfica venceu o Desportivo das Aves por 3-1 na 9ª jornada da Primeira Liga e regressou às vitórias no campeonato. Jonas, com duas grandes penalidades e Seferovic fizeram os golos dos 'encarnados'. Defendi reduziu para o Desportivo das Aves.

Em dia de estreia para Lito Vidigal no comando técnico do Desportivo das Aves, Rui Vitória deixou Pizzi no banco para o encontro de rescaldo após a derrota com o Manchester United. Como prometido, Svilar foi o homem escolhido para defender a baliza dos ‘encarnados’. Na frente, Seferovic regressou à titularidade no campeonato para jogar ao lado de Jonas.

Na Vila das Aves, o Benfica entrou a querer dominar o ritmo do encontro, mas foi a equipa da casa a primeira a criar perigo. Aos três minutos, Vítor Gomes, de fora da área, rematou forte para defesa de Svilar. O guarda-redes não segurou à primeira, mas foi o primeiro a chegar ao ressalto.

A formação apresentada por Lito Vidigal reforçou o meio-campo e a estratégia conseguiu conter parte do ímpeto dos ‘encarnados’ que estiveram em dificuldades na criação de oportunidades de perigo. Destaque para o mau atraso de Nildo que quase isolou Seferovic. No entanto, Quim, guarda-redes que se tornou no mais velho de sempre a jogar na Primeira Liga, foi rápido a sair dos postes e evitou o golo do clube da Luz.

Aos 28’ minutos, Nuno Almeida assinalou penálti para o Benfica devido a uma falta de Washington sobre Diogo Gonçalves. Chamado à marcação, Jonas bateu Quim para abrir o marcador com um remate colocado que enganou o guardião português.

A perder, o Desportivo das Aves tentou subir linhas e aproximar-se mais da baliza defendida por Svilar, mas foi o Benfica a estar perto do golo aos 38 minutos. Seferovic fez um primeiro cruzamento que atravessou toda a grande área até chegar a André Almeida que voltou a colocar a bola na zona de golo para Salvio. O argentino acabou por cabecear por cima.

Na resposta, o Aves esteve perto do golo. Vítor Gomes rematou completamente sozinho no coração da área na sequência de um lançamento lateral do Desportivo das Aves. Antes, Rúben Dias tinha cortado a bola em cima da linha após cabeceamento de Nildo.

A segunda parte arrancou praticamente com o segundo golo do Benfica. Ainda não tinham passado cinco minutos Jonas conduziu a bola pelo centro do terreno, desmarcou Salvio que, em esforço fez um cruzamento muito perto da linha do golo. Com Quim batido, Seferovic apenas teve de encostar e confirmar o segundo tento dos 'encarnados'.

Aos 60' minutos, Jonas teve oportunidade de dilatar a vantagem depois de ter sido servido por Salvio na direita. Contudo, o remate do avançado brasileiro saiu fraco e à figura de Quim que segurou com facilidade.

A 15 minutos do fim o Desportivo das Aves reduziu com um golo de Rodrigo Defendi. O jogador do conjunto orientado por Lito Vidigal aproveitou um canto cobrado na esquerda para bater Svilar que ainda tocou na bola, mas sem conseguir evitar o tento.

Praticamente na jogada seguinte, Pizzi foi derrubado dentro da área do Desportivo das Aves e Nuno Almeida voltou a apontar para a marca dos 11 metros. Jonas foi novamente chamado à marcação e voltou a enganar Quim para repor a vantagem dos 'encarnados' em dois golos.

Até ao final ainda houve tempo para uma grande defesa de Svilar a remate de Derley. O guarda-redes do Benfica tocou com a ponta dos dedos e desviou a bola que ainda bateu no poste antes de sair do terreno de jogo. Na outra ponta do relvado, Quim também mostrava serviço ao evitar, por duas vezes, o quarto golo das 'águias' com intervenções de alto nível.

Com este triunfo, o Benfica regressa às vitórias para o campeonato depois de ter empatado com o Marítimo na última jornada. A equipa de Rui Vitória soma agora 20 pontos na Primeira Liga. Em sentido inverso, o Desportivo das Aves aumenta para quatro os jogos sem conseguir conquistar um triunfo na Primeira Liga. A formação de Vila das Aves está no 16º lugar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.