O treinador do União da Madeira afirmou que a derrota diante do FC Porto foi ”pesada”, mas “justa”.

“É uma derrota pesada pelos números mas justa. Depois de sofrermos três golos nos primeiros 20 minutos, muito dificilmente podíamos esboçar uma reação. Tivemos uma atitude positiva mas houve superioridade do FC Porto. Tentámos limitar os estragos e não há nada a dizer: parabéns ao FC Porto, agora temos de despertar para a nossa luta”, disse à Sport TV no final do encontro.

“A equipa está motivada. Tem feito um bom percurso, este jogo foi exceção pela qualidade do adversário. Os jogadores não estão desconcentrados do nosso objetivo. Agora vamos pensar no jogo com o Tondela”, rematou.

O FC Porto venceu, esta quarta-feira, o União da Madeira por 0-4, no encontro em atraso da nona jornada do campeonato português, disputado no Estádio da Madeira, na Choupana. Herrera, Brahimi, Corona e Danilo marcaram os golos da partida.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.