O treinador do FC Porto lamentou naturalmente o empate diante do Vitória de Setúbal, mas recusou a ideia de que os jogadores tivessem acusado algum tipo de 'pressão' para vencer e ultrapassar o Benfica no primeiro lugar, numa jornada em que os 'encarnados' tropeçaram frente ao Paços de Ferreira.

Veja o vídeo

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.