No dia da sua apresentação, Nuno Espírito Santo fez uma promessa aos adeptos do FC Porto: transformar o Dragão na fortaleza da equipa.

E está a cumprir. Ao cabo da primeira volta da I Liga, o FC Porto é a equipa com melhor desempenho em casa.

Os ´dragões` somaram este domingo o oitavo triunfo em nove jogos disputados no seu estádio na primeira metade da I Liga. Só o Benfica conseguiu pontuar no Dragão, quando Lisandro López ditou a divisão de pontos aos 92 minutos, num jogo em que o FC Porto foi superior.

Mas a marca de NES não se vê só nos jogos em casa. O técnico montou uma equipa de trás para frente, onde a defesa tem sido superior ao ataque. Os números desta defesa do Dragão remetem para um período histórico do clube. A equipa de Nuno sofreu apenas sete golos nas primeiras 17 jornadas da Liga. Este é o melhor registo da Liga e mais nenhuma equipa consegue sequer estar na casa das unidades no que a golos sofridos diz respeito.

Apenas o Benfica aproxima-se do registo dos azuis-e-brancos, com 11 golos sofridos.

Para se encontrar um ´muralha` tão forte no Dragão, é preciso recuar até a história época de 2010/2011, quando André Villas-Boas era o timoneiro da equipa. Nessa temporada, em que o FC Porto venceu a Supertaça, Liga, Taça de Portugal e Liga Europa, o FC Porto terminou a primeira volta com apenas sete golos sofridos. SC Braga (3-2), Vitória de Guimarães (1-1), União de Leiria (5-1), Sporting (1-1), Marítimo (4-1) e Naval (1-1) tinham sido as equipas a marcar golos a Helton, sendo que nenhuma conseguiu vencer. De recordar que nessa época o FC Porto terminou a época sem qualquer derrota e com apenas três empates, numa temporada de apenas 30 jornadas.

Mas Villas-Boas estava bem melhor que Nuno já que o FC Porto de 2010/2011, tinha terminado a primeira volta da I Liga no 1.º lugar com 47 pontos, resultado de 15 vitórias e dois empates. Bem melhor que NES que soma 38 pontos, onze vitórias, cinco empates e uma derrota e está a quatro pontos do líder Benfica.

Esta época, o FC Porto sofreu um golo frente um Rio Ave (3-1), dois com o Sporting (2x1), um com o Boavista, (3-1), e outro frente a Benfica (1-1), Marítimo (2-1) e Chaves (2-1).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.