Os "verde-rubros", actualmente no oitavo posto, depois de terem empatado (1-1) em visita ao Sporting, já viram os "juízes" sancionarem os seus adversários por jogadas à margem da lei 158 vezes em nove jogos, numa média de 18 faltas a favor por partida.

Já o tetracampeão, FC Porto, no terceiro lugar após empatar em casa com o Belenenses (1-1), vai chegar ao Funchal com o estatuto de equipa mais cumpridora da prova, uma vez que é a que menos "amarelos" viu (14), numa média de 1,56 por jogo.

De resto, os "dragões" são estatisticamente superiores em todos os parâmetros ofensivos, liderando o conjunto de 16 equipas nas médias de ataques (44), remates (18) e remates enquadrados com a baliza (oito), embora percam muitas vezes a bola (16), item em que só são ultrapassados, curiosamente, pelo líder do campeonato, Sporting de Braga (17).

A equipa madeirense é a sexta entre as 16 que mais tenta os "tiros" à baliza, à média de 14 por encontro, e tem o quinto melhor registo de remates colocados entre os postes, com cinco por jogo, possuindo a quarta média mais alta de golos marcados - 1,22 por partida.

O Marítimo em casa venceu por duas vezes e perdeu outras tantas e enfrenta agora um conjunto "azul-e-branco" que já perdeu um e empatou outro dos quatro jogos disputados fora do Estádio do Dragão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.