Pedro Mendes, um dia depois da derrota do FC Porto na Luz (3-1) na meia-final da Taça de Portugal, lamenta o mau período da sua antiga equipa, que tinha na Taça de Portugal um escape para salvar a época.

"É com pena, porque era uma prova em que o FC Porto ainda depositava muitas esperanças para salvar um pouco uma época que tem sido muito atribulada e muito aquém das expectativas, mas ficaram pelo caminho e já pouco mais há para lutar esta época para o Porto", avaliou.

Pedro Mendes salientou mesmo que, afastados de quaisquer títulos, os responsáveis do FC Porto "já estão a pensar na próxima época".

Numa análise ao campeonato, Pedro Mendes vincou a "deceção" FC Porto e a "surpresa" Sporting, não deixando de avaliar o Benfica que, jogando bem, teve a vida facilitada pelos “dragões”.

"Este ano temos uma grande deceção, que é o FC Porto, e temos uma grande surpresa, que é o Sporting. O Sporting está a fazer um excelente campeonato, uma excelente temporada, com bons jogadores, está a valorizar muito bem os jovens que tem. O mérito tem que ser dado ao [treinador] Leonardo Jardim pelo trabalho que tem feito e pela forma como tem conseguido juntar jovens jogadores e conseguir pô-los a jogar da maneira como têm jogado", disse.

Ainda sobre o FC Porto, Pedro Mendes garantiu ser uma "época completamente atípica, de nada do que [nos] tem habituado nos últimos anos".

"O Benfica: no seu modo habitual. Joga muito bem futebol, de modo muito pressionante e pressiona muito alto, mas este ano o trabalho do Benfica foi muito facilitado devido à inoperância do FC Porto”, concluiu Pedro Mendes.

Pedro Mendes falou à Agência Lusa durante a viagem que fez a Macau. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.