O médio Custódio, autor do golo que garantiu ao Sporting de Braga o apuramento para a pré-eliminatória da Liga dos Campeões, disse que o terceiro lugar no campeonato «sabe a pouco».

O jogador, de 28 anos, marcou o único golo dos minhotos na vitória de sábado sobre o Beira-Mar (1-0), na 29.ª e penúltima jornada do campeonato, que, face à derrota do Sporting com o FC Porto (2-0), carimbou desde logo um inédito terceiro lugar.

Trata-se da segunda melhor classificação de sempre do clube (depois do segundo posto de 2009/2010, atrás do Benfica) e vale o apuramento para a terceira pré-eliminatória da "Champions".

«Foi o concretizar de um objetivo traçado no início da época e estou muito satisfeito por isso. Nos últimos quatro jogos, não fomos felizes, mas fizemos uma grande época e estamos todos de parabéns. É verdade que o terceiro lugar sabe a pouco, mas conseguimos um objetivo definido no início da época», afirmou.

Sobre o golo, marcado aos 56 minutos, diz ter sido «um momento muito bonito», num lance com muitas culpas para o guarda-redes aveirense Rui Rego, mas frisou que «o esforço é coletivo».

«Após tantas lesões e contrariedades, todos estamos de parabéns e agradeço às famílias de todos», deixou, desejando que o seu futuro continue a passar por Braga. «Sou muito feliz neste clube», disse.

O Euro2012 aproxima-se e a lista final do selecionador nacional, Paulo Bento, também, mas Custódio diz não pensar na seleção: «Quero desfrutar e depois vê-se».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.