O defesa lateral brasileiro do FC Porto fez esta quinta-feira a antevisão do jogo da primeira jornada dos tricampeões nacional em Setúbal, e garantiu que os dragões partem com a confiança renovada para o ataque ao título.

«Jogar contra o Vitória de Setúbal, e fora de casa, é sempre complicado. É uma equipa agressiva, que se fecha muito bem e vai ser um jogo complicado, mas estamos a trabalhar em cima disso para que não fique tão difícil», começou por dizer Alex Sandro sobre a primeira jornada do campeonato nacional no Estádio do Bonfim.

«O FC Porto sempre foi muito forte, tem essa característica. Com Paulo Fonseca continuamos a ser uma equipa pressionante», acrescentou.

Em relação ao rival Benfica, o internacional brasileiro reconhece méritos ao adversário mas frisa que o objetivo dos dragões é vencer todas as equipas, não apenas o emblema da Luz.

«Faz muito tempo que está posto de lado falar de favoritismo. O FC Porto faz sim, todos os anos, prevalecer que continua forte e atrás de títulos», explicou o defesa brasileiro.

Ainda de acordo com Alex Sandro, «o FC Porto entra em campo para vencer todos os adversários, seja o Benfica, seja outra equipa», frisando que independentemente da grandeza dos adversários, a equipa «entra sempre para vencer».

«Encaramos os jogos da mesma forma de sempre, difíceis, e, apesar do respeito aos adversários, com a mesma mentalidade de sempre, que é a de vencer», afirmou Alex Sandro antes do treino da equipa do FC Porto no Centro de Estágios do Olival.

Alex Sandro considerou ainda cedo para comparar o FC Porto de Paulo Fonseca com o do antecessor, Vítor Pereira, mas garantiu que uma característica continua a mesma, de ser uma equipa pressionante.

«Não dá para saber ainda. Faz pouco tempo que a gente começou, mas penso que o FC Porto sempre foi forte, independentemente de que época for. A gente tenta sempre afirmar o FC Porto como uma equipa forte», disse.

Em relação ao avançado Jackson Martinez, que de acordo com alguns órgãos de comunicação social manifestou o desejo de ver melhorada a sua condição ou então pretendia sair, Alex Sandro destacou a sua importância, mas diz que não está dentro da cabeça do colombiano.

«Todos os grandes clubes querem ter Jackson Martinez no seu plantel. Para nós, obviamente, seria muito bom se ele ficasse. Para o clube, para os jogadores seria ótimo que ele ficasse», explicou, acrescentando que o colega continua a trabalhar seriamente e tem a cabeça no FC Porto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.