O extremo esquerdo holandês foi esta quinta-feira oficializado como jogador do SL Benfica. Na sua primeira entrevista como jogador do clube da Luz, Ola John confessa que tem muitas referências no SL Benfica e começa por apontar a mais óbvia: Eusébio.

«Os jogadores africanos adoram jogar futebol e o Eusébio é um grande exemplo. Todos começamos nas ruas, sem sapatos, pelo continua a ser como era antigamente», começou por dizer Ola John à Benfica TV. O internacional holandês começou a jogar à bola na Libéria mas foi obrigado a fugir com a família para a Europa, onde começou a jogar no Twente.

Sobre atuais referências no plantel encarnado, Ola John elege Pablo Aimar e Óscar Cardozo mas curiosamente começa por falar em Rui Costa, um dos seus ídolos de infância.

«Já joguei frente ao Benfica. Conheço grandes nomes como o Rui Costa, tornou-se um dos meus jogadores favoritos quando o vi pela primeira vez, pela técnica e pelo remate que tinha. Hoje em dia destaco o Pablo Aimar. Quando defrontei, fiquei a observá-lo, tal como o Cardozo. São grandes jogadores e grandes exemplos para mim», afirmou o reforço encarnado, acrescentando ainda que o universo benfiquista não é uma novidade para um jogador de 20 anos.

«Conheço o Benfica desde sempre. Quando era pequeno já o via como um enorme Clube, pelo estádio, por tudo. É um Clube com seis milhões de adeptos e todos o conhecem pelos grandes jogadores que tem mas, acima de tudo, pela sua dimensão», confessou à Benfica.

Em relação às expetativas para o futuro, Olah John já se imagina com a camisola do SL Benfica em pleno Estádio da Luz.

«Vai ser fantástico, estou ansioso por jogar perante 65 mil pessoas. Já joguei no Estádio da Luz e sei como é o ambiente, pelo que estou excitado para que isso volte a acontecer», sentenciou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.