FC Porto 6-1 Paços de Ferreira

Demolidor. Insaciável. Foi um FC Porto em modo ´rolo compressor` aquele que se apresentou no Estádio do Dragão perante o Paços de Ferreira, em jogo da 9.ª jornada da I Liga.

O único lance polémico do encontro entre Dragões e Castores aconteceu ao minuto 55, num golo anulado à equipa orientada por Sérgio Conceição. Num livre na esquerda, Marcano cabeceou contra um jogador, a bola sobrou para Felipe, que rematou para o fundo das redes, mas foi assinalado fora de jogo a Aboubakar.

Veja o vídeo

Desportivo das Aves 1-3 Benfica

No dia seguinte, Nuno Almeida e a sua equipa de arbitragem tiveram as coisas mais complicadas. Foram três casos que marcaram o encontro na Vila das Aves, que terminou com a vitória dos tetracampeões por 3-1.

Aos 28 minutos, Diogo Gonçalves entrou na área e foi derrubado por Washington. Nuno Almeida apitou grande penalidade e Jonas converteu com sucesso.

Veja o vídeo

No segundo tempo, e no espaço de dois minutos (entre os 76’ e os 78’), dois lances que levantam muitas dúvidas. No primeiro, empurrão de Jonas sobre Nildo Petrolina, junto à linha, que o árbitro não assinalou e, de seguida, uma grande penalidade a favor dos encarnados após Pizzi ter caído depois de um choque com um adversário.

Veja os vídeos

Sporting 5-1 Desportivo de Chaves

No mesmo dia, o Sporting recebeu e goleou o Desportivo de Chaves por 5-1.

Aos 31 minutos, Gelson cai na área do Chaves, em lance com Bressan, com Rui Costa a considerar simulação do jogador leonino. O árbitro foi alertado pelo vídeo-árbitro, visualizou o lance no ecrã que tem à sua disposição, e acabou por confirmar a decisão.

Veja o vídeo

No segundo tempo, um golo anulado a Doumbia

Veja o vídeo

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.