Naturalmente satisfeito pela vitória frente a um dos “grandes”, Rui Vitória confessou que o segredo da vitória do Paços esteve na humildade de saber reconhecer que o Sporting era mais forte.

“A perspectiva de vencer está sempre na nossa cabeça, mas sabíamos da dificuldade de enfrentar o Sporting e esse foi o principal segredo deste resultado.”

O treinador pacense deixou depois elogios à equipa, lembrando que “os jogadores estiveram brilhantes” e reconhecendo que a sorte esteve do lado da equipa da capital do móvel.

"Houve uma humildade e entrega por parte dos meus jogadores. Sabíamos que o Sporting vinha muito ofensivo e nos aceitámos e jogamos com isso. Tínhamos de ser rigorosos e disciplinados."

"Acima de tudo, foi a entrega dos jogadores o que mais me agradou", acrescentou.

Apesar do sucesso, ressalvou que o caminho a percorrer é ainda muito longo.

“Há muito trabalho pela frente e não podemos perder o norte. Queremos fazer uma época postiva mas conhecemos a realidade, que ainda somos pequenos”, terminou.

O Paços de Ferreira venceu, este sábado, o Sporting, no Estádio da Mata Real, por 1-0, em jogo da primeira jornada da I Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.