O diretor geral do Sporting revelou quais foram as palavras de Jorge Jesus para o quarto árbitro, e nega que estas sejam suficientes para originar a sua expulsão.

“Quando do cartão amarelo ao Adrien, Jesus perguntou ao quarto árbitro se era necessário apitar duas vezes. Não acredito que o árbitro tivesse ouvido isto, e mesmo que ouvisse não era motivo para expulsão. Não quero acreditar que houvesse algo de premeditado, mas quero saber o porquê desta expulsão”, queixou-se o diretor desportivo dos leões, em conferência de imprensa.

O dirigente leonino deixou muitos críticas à arbitragem de Cosme Machado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.