Neste comunicado, as direções da SDUQ e do Paços de Ferreira lamentam que o Freamunde - Futebol, SAD, clube do mesmo concelho, tenha alegado para o corte de relações institucionais "factos que, não sendo verdadeiros, se lamentam profundamente", nomeadamente a imputação de "condutas de falta de ética e correção".

"A direção do SC Freamunde falta à verdade quando refere falta de transparência e falta de ética e seriedade num processo que foi apreciado pelas instâncias competentes e cujas decisões lhe terão sido desfavoráveis. Entendemos que esta tomada de posição mais não é que uma tentativa falhada de evitar o esclarecimento aos seus associados e agentes desportivos de decisões e consequências por atuações a que o FC Paços de Ferreira é perfeitamente alheio", pode ler-se.

No mesmo comunicado, os presidentes da SDUQ e direção pacense dizem "orgulhar-se justificadamente de ser um clube cumpridor e que honra as suas posições e compromissos", e, por essa razão, acrescentam, [o Paços] "não reconhece a qualquer outro clube, mormente ao SC Freamunde, autoridade, seja ela de que natureza for, para que se possa referir de forma ofensiva" à instituição que representam.

Paulo Meneses e Rui Seabra lamentam, por fim, o que consideram como "falta de sensatez revelada numa atitude injustificada e desprovida de qualquer fundamento" e, nesse sentido, escusam-se de mais comentários, de forma "a evitar ingerência em assuntos de outras instituições".

"Não obstante lamentarmos profundamente as referências infelizes à Capital do Móvel", concluíram os dirigentes pacenses no comunicado publicado no sítio oficial do Paços de Ferreira na Internet.

No sábado, dia 16, os presidentes da SAD e da direção do Freamunde anunciaram o corte de relações institucionais com o Paços de Ferreira, na sequência do litígio envolvendo o seu ex-atleta Pedro Moreira, recentemente apresentado como reforço da formação pacense, após rescisão unilateral do contrato por salários em atraso.

Nessa conferência de imprensa, o Freamunde anunciou também que não se encontram reunidas as condições necessárias para participar no Torneio Capital do Móvel, marcado para os próximos dias 23 e 24, em jogos inicialmente marcados para Freamunde e Paços de Ferreira e que envolviam também as formações do Boavista e Vitória de Guimarães.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.