Giannelli Imbula chegou ao FC Porto no último verão por uns exorbitantes 20 milhões de euros, um valor inédito para um clube com tendência para comprar barato e vender caro. No entanto, o médio francês ainda não conseguiu conquistar o seu espaço, tendo mesmo falhado o 'clássico' com o Sporting, por opção de Julen Lopetegui.

O pai e representante do jogador do FC Porto, Willy N'Dangi, admitiu que a saída é uma possibilidade, até porque deverá ser esse o desejo do clube. "Sabemos que o FC Porto quer vender o Giannelli. Até ao momento ainda não estivemos em contacto com outros clubes, mas poderemos conversar com alguns a partir de segunda-feira [dia 4]", revelou N'Dangi ao portal calciomercato.

Mais tarde, em conversa com o jornal O Jogo, o agente admitiu que o jogador tem ficado insatisfeito com algumas decisões. "O que nós pretendíamos era saber até que ponto o FC Porto vai apostar ele, porque tem havido situações incompreensíveis", disse o empresário, realçando a necessidade de perceber aquilo que o clube fará "com um dos maiores ativos do plantel".

N'Dangi enfatizou ainda que deverá ser importante para o clube "não afetar mais o investimento que foi feito". Nos próximos dias ficará mais claro se isso passará por uma maior aposta no jogador ou por uma venda.

Southampton, Stoke City e Milan são os clubes interessados nos serviços do médio francês de 23 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.