Conhé, treinador adjunto do Vitória de Setúbal, reconheceu que não foi fácil jogar no Dragão frente a uma «equipa poderosa» que acabou por merecer a vitória, apesar da “sorte” dos postes sadinos na primeira parte.

«Temos que reconhecer que viemos defrontar o FC Porto, o campeão nacional e uma equipa poderosa, o Vitória veio com uma estratégia para manter, dentro do possível, o nulo dentro da nossa baliza. O nosso guarda-redes esteve bem e aguentámos até aos 53 minutos. Depois o Porto atacou mais e mereceu esta vitória», começou por dizer o adjunto de Bruno Ribeiro no flash interview da SportTV.

Sobre a estratégia do Vitória de Setúbal para o Dragão, o adjunto confessou que acabou por ser inconsequente pois o caudal ofensivo do FC Porto colocou justiça no resultado final.

«Fomos uma equipa que soube estar em campo. O FC Porto jogou muito bem, foi feliz, fez o golo, atacou mais e nós, dentro do possível, colocámos dois pontas-de-lanças  e melhorámos um pouco em termos ofensivos. O FC Porto mereceu esta vitória, foi um justo vencedor. Parabéns ao FC Porto».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.