O treinador do Gil Vicente, Paulo Alves, disse esta sexta-feira que quer conquistar o maior número de pontos possível, apesar de a equipa já ter alcançado o objetivo na Liga portuguesa de futebol.

Na antevisão da visita ao Nacional, em jogo da 29.ª jornada, Paulo Alves referiu que «o grande objetivo do clube está conseguido» e que, com a manutenção alcançada, a equipa vai tentar «amealhar o maior número de pontos possíveis nos dois jogos que faltam, pois é preferível ficar em oitavo do que em nono ou décimo«.

Sobre a União de Leiria, Paulo Alves disse esperar que a equipa do Lis não abandone a Liga, «pois não dignificaria em nada o futebol português e, quer se queira quer não, feriria a verdade desportiva».

Relativamente ao alargamento, na quinta-feira aprovado pela Liga de clubes, o técnico disse que isso «representa mais treinadores e mais jogadores a trabalharem a um nível mais elevado».

Contudo, Paulo Alves considerou ser fundamental que sejam criados mecanismos para que haja, de facto, uma fiscalização rigorosa, para «evitar que situações de salários em atraso se voltem a repetir».

Sobre a possibilidade de renovar pelo Gil Vicente, Paulo Alves adiantou que falta apenas reunir-se com o presidente, mas disse estar «feliz por saber que apreciam» o seu trabalho e que «é vontade de todos que cá continue».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.