À margem do I Simpósio Internacional Maia Jovem, onde participou num debate sobre a integração do jogador júnior na equipa de futebol sénior, Paulo Bento não assumiu directamente a possibilidade da sua equipa ser campeã nacional, mas foi dizendo que "é possível lutar pelos objectivos".

"É possível o Sporting, dentro desta filosofia, lutar pelos seus objectivos. Não posso dizer que podemos ser campeões, até porque não há nenhum cenário que garanta títulos. O Sporting acredita que com este cenário pode lutar pelos seus objectivos e a nós compete-nos lutar por eles", explicou.

A aposta na formação e a consequente aposta nos jogadores jovens é para o treinador "leonino" feita com total convicção e também por necessidade financeira.

"O Sporting faz isto por necessidade e convicção. Faz porque acredita nos jogadores, faz porque acredita que este é o caminho a seguir, mas faz também por necessidade porque se assim não fosse alguns jogadores não teriam necessidade de serem tão expostos e seguiriam outro tipo de circuito", declarou.

Paulo Bento utilizou palavras como "convicção" e "paciência" para ilustrar o trabalho de um treinador com muitos jogadores jovens a seu comando e afirma que é "fundamental não desistir".

"É fundamental não desistir. Há a convicção de que este é o caminho e não se pode desistir quando se acredita. E o Sporting acredita nesta política e filosofia".

Paulo Bento não se considera o treinador português que aposta mais em jovens jogadores e prefere dizer que tem essa "filosofia e que assenta na qualidade da formação do clube e também na necessidade", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.