O treinador Paulo Sérgio disse hoje que chegou o momento da Académica deixar de dar "tiros nos pés" e eliminar as "infantilidades" cometidas para que a equipa consiga bons resultados na I Liga de futebol.

O técnico academista pretende que a sua equipa dê já uma resposta positiva na deslocação ao reduto do Gil Vicente, no sábado, em jogo da 13.ª jornada, após um ciclo difícil em que defrontou Sporting de Braga, Rio Ave, Benfica e FC Porto.

"Os jogadores da Académica vão à procura de vencer a partida, demonstrar competência e procurar reencontrar-se com as coisas boas que fizemos no passado para começar a dar passos seguros para aquilo que são os nossos objetivos", sublinhou.

Os "estudantes" estão na antepenúltima posição do campeonato, com apenas uma vitória nas jornadas já disputadas, sendo que em casa já somou cinco empates e duas derrotas.

"É altura de deixarmos de ser meninos e passarmos a ser mais homens dentro do terreno, porque isso ajudará imenso a que equipa possa procurar jogar bom futebol, mas primeiro temos de procurar eliminar as infantilidades que temos cometido", afirmou.

Apesar da má classificação da equipa de Barcelos, “lanterna vermelha” da prova, Paulo Sérgio perspetiva uma "batalha dura" perante um Gil Vicente "compacto, que tem ganho alguma estabilidade ultimamente, não tem perdido, e que vai fazer tudo pelos seus objetivos".

O jogo entre a Académica, 16.ª e antepenúltima classificada, com oito pontos, e o Gil Vicente, último da tabela, com cinco tem início marcado para as 16:00 de sábado, no Estádio Municipal de Barcelos, com arbitragem do lisboeta Duarte Gomes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.