O treinador do FC Porto pediu aos adeptos que transmitam paz à equipa portista no desafio com o Belenenses porque o caminho até ao final da época é sinuoso.
"É bom os adeptos perceberem que o caminho é sinuoso e temos um adversário que nos complica a tarefa e que queremos contornar. Peço paciência e inteligência emocional à equipa, e que os adeptos também tenham essa paz e consigam transmiti-la. Queremos boa prestação também dos adeptos", disse, este sábado, o treinador dos azuis e brancos ao Porto Canal.
O técnico dos Dragões referiu que a passagem da eliminatória da Liga Europa frente ao Nápoles "reforçou a confiança", mas que o FC Porto terá de em atenção um Belenenses que mudou a equipa técnica.
"É um adversário que mudou de treinador, e este quer instalar novas dinâmicas da equipa. O conhecimento passou a ser um desconhecido, porque as observações do nosso adversário deixaram de ter sentido. A nós compete assumir o jogo. Somos a equipa que tem de procurar a vitória. Iremos dar o melhor", referiu.
Sobre Helton, que não jogará mais até ao final da temporada devido a uma rotura no tendão de Aquiles do pé direito, Luís Castro explicou que os jogadores continuarão a apoiar o guardião brasileiro à distância.
"Helton teve um infortúnio e sempre que há jogadores que têm infortúnios a equipa envolve-se em torno da necessidade de dar conforto a quem esta a passar por dificuldades. Sempre que consiga bons resultados, esses jogadores estão dentro desse sentimento de vitória da equipa", disse.
O encontro entre o FC Porto e o Belenenses, referente à 24.ª jornada da I Liga, está agendado para as 19h15 de domingo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.