Pedro Proença, presidente da Liga de Clubes, lamentou "profundamente" o falecimento de Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto, vitima de COVID-19.

O líder da Liga, na nota publicada no site da organização, afirmou que só tem "a dizer coisas positivas" de Reinaldo Teles como pessoa.

"Alguém de um trato elevado, que lidava com todos dentro da maior educação, mesmo quando discordava de alguma decisão tomada em campo. É com profunda tristeza que vejo partir alguém com um passado tão rico no Futebol e com um espírito humano elevado. Esta doença estranha, que apareceu para mudar a forma como encaramos a vida, leva-nos um amigo, mas, estou certo, alguém a quem o Futebol no geral, mas o do FC Porto em particular, muito deve", escreveu.

"Defendeu a sua camisola acima de tudo, mas estou certo que, mesmo os adversários desportivos, ficam com uma imagem positiva do sr. Reinaldo Teles. O Desporto e o País ficam, hoje, mais pobres.”, afirmou o Presidente do organismo que tutela as competições profissionais", concluiu.

A Liga realça todos os troféus conquistados pelo dirigente dos dragões, endereçando ainda "as mais sentidas condolências" à família, aos adeptos e aos portistas.

Reinaldo Teles faleceu esta quarta-feira, aos 70 anos, vitima de COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.