Pedro Proença toma posse esta quinta-feira como presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), depois de ter derrotado Luís Duque nas eleições, realizadas na terça-feira.

O antigo árbitro internacional, que dirigiu as finais da Liga dos Campeões e do Europeu em 2012, recebeu 32 votos, contra 23 de Luís Duque, recebendo o apoio de 12 dos 18 clubes da I Liga, que tinham direito a dois votos, e oito dos emblemas da II Liga.

Proença sucede no cargo exatamente a Luís Duque, que, a 27 de outubro de 2014, tinha sido eleito, após uma conturbada liderança de Mário Figueiredo.

Numa cerimónia, marcada para as 19h00, na sede da Liga de clubes, também tomam posse os restantes órgãos sociais da instituição, com destaque para o facto de a Assembleia Geral e de o Conselho Fiscal serem liderados por elementos indicados por Luís Duque.

Além do cargo de presidente também houve duas listas para o Conselho Jurisdicional, com Américo Esteves, apoiado por Proença, ser eleito presidente de um órgão que terá sete elementos de cada uma das listas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.