No final do encontro que terminou com o triunfo do Paços de Ferreira por 3-2 no terreno do Rio Ave, Pepa, treinador dos 'castores', elogiou o adversário e destacou a organização demonstrada pela sua equipa.

"Estávamos com receio da capacidade física dos jogadores e estar 45 minutos a jogar contra o vento e com menos um jogador foi muito duro, mas a equipa soube organizar-se bem. Quero dar os parabéns ao Rio Ave pela qualidade individual e coletiva que tem, está muito mais competente do que na primeira volta e nós fomos eficazes. Na segunda parte soubemso jogar com o resultado e sofrer", analisou.

O técnico 'pacense' apontou ainda o dedo à arbitragem pelo lance do primeiro golo do Rio Ave, que em seu entender poderia ter levado a outro desfecho no encontro. "Há um minuto que marca este jogo, quando a bola sai completamente fora das quatro linhas. Nem discuto se há falta ou não, isso é interpretação do árbitro. Mas não admito interpretaçoes com a bola fora de campo. Faz-me confusão. Tanto apelamos à verdade desportiva e para que vejam as imagens... Não percebo", sublinhou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.