Declarações após o jogo Marítimo-Feirense (2-0), da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado hoje no Estádio do Marítimo, no Funchal:

Análise: "Foi um jogo difícil. Sabíamos que ia ser, porque o Feirense está numa fase complicada e tinha aqui um jogo decisivo para eles. Depois, a nossa entrada não foi a que queríamos. O Feirense teve uma grande penalidade, o que deu alguma intranquilidade à equipa. Tentámos mudar, com o Getterson na direita e o Correa a jogar atrás do Joel, e a equipa conseguiu ter mais bola e criar oportunidades. Acabámos por fazer dois golos na primeira parte. Na segunda, tivemos o controlo do jogo, sabendo que o Feirense tinha de arriscar."

Manutenção: "Depois das expulsões dos jogadores do Feirense, soubemos gerir bem o jogo e o resultado. Foi mais importante os três pontos do que a exibição. Nesta fase, o mais importante é conseguir sair da barreira dos 30 pontos, e estamos mais perto do nosso objetivo. Ando há três ou quatro épocas nesta fase e sei que não é fácil jogar contra equipas que estão à procura de pontos."

Amarelos forçados: "Cada semana tem a sua estratégia para cada jogo. Vamos apanhar uma equipa difícil, o Benfica, e já no jogo com o FC Porto, no Dragão, poupámos alguns jogadores que estavam com quatro amarelos e em risco de não defrontarem o Nacional. Por isso, optámos por esses jogadores (Edgar Costa e Joel) levarem o quinto amarelo e estarem disponíveis para os quatro jogos finais".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.