Declarações de Petit, treinador do Belenenses SAD, após a derrota diante do Tondela (0-2), no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, da 8.ª jornada da I Liga.

"Oito jogos, quatro derrotas, quatro empates, não era isto que queríamos. Tínhamos preparado os jogadores para este jogo. Antes do jogo sentíamos a equipa preparada, mas passados dois minutos e meio sofres um golo... O responsável é sempre o treinador, sem dúvida nenhuma, mas fomos pouco intensos, pouco audazes, mudámos o sistema para ter mais gente na frente, mas pecámos nos duelos, que são fundamentais no futebol. Os golos foram muito consentidos, mas é uma vitória justa do Tondela."

"Vamos refletir o que se passou nos últimos oito jogos. O campeonato é extremamente difícil e exigente e nós não temos mais tempo para andar aqui nestes resultados."

"Força para continuar? Claro que sim. Foi assim como jogador e foi assim como treinador nos projetos que apanhei. É claro que não é fácil esta logística. Oito jogos fora de casa, andar sempre com a casa às costas. O mais importante é saber o que fazes, trabalhas para ajudar os jogadores, para os fazer evoluir. Mas nunca serei um problema, serei sempre uma solução."

"Vamos falar [com o presidente do Belenenses SAD] sobre o que se passou neste início de época e ver o que o futuro dirá. Mas força tenho sempre. Estamos no início do campeonato, há uma equipa atrás de nós, há três ou quatro com uma diferença de três pontos e nada está perdido. Se fosse há cinco anos, se calhar não estava aqui a falar. Se calhar tomava outra opção. Mas hoje em dia estou mais calmo, tenho mais alguma experiência e... vamos ver."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.