Pinto da Costa afirmou que está muito satisfeito com a escolha em Sérgio Conceição como novo treinador do FC Porto.

“Conhecendo o seu lado humano e profissional, e amor ao clube, isso foi importante. Mas fundamental foi a competência que tem demonstrado, falando com qualquer jogador ou responsáveis que lidaram com ele, puseram sempre em alto nível a sua capacidade. O trabalho fantástico no Nantes foi reconhecido por toda a gente como um grande feito. Era mais difícil o Sérgio fazer o que fez no Nantes do que o que fez o Zidane no Real. A competência foi a cereja no topo do bolo. Abraçou a tarefa com entusiasmo”, afirmou o líder portista.

O presidente do FC Porto fez questão de explicar ainda qual foi o momento em que pensou no antigo jogador do FC Porto.

“Antes dele ir para o Nantes já tinha essa ideia, que seria técnico do FC Porto a curto prazo. Portanto, não foi agora que pensei nisso. As circunstâncias não permitiram que fosse antes. O tempo que Sérgio demorou a dizer sim, é o tempo que demora a dizer sim. Não sei se hesitou, disse que sim”, disse.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.