Pinto da Costa apresentou esta quarta-feira Nuno Espírito Santo como novo treinador do FC Porto e garantiu que o ex-técnico do Valência foi a primeira escolha para suceder a José Peseiro, que deixou os 'dragões'.

"Quando a administração decidiu que a passagem do José Peseiro pelo FC Porto tinha terminado, nesse momento logo ficou no meu pensamento de que o Nuno Espírito Santo era a nossa prioridade. Creio que foi logo no dia seguinte que lhe telefonei. Só o Nuno Espírito Santo é que foi contactado", assegurou o presidente do clube 'azul-e-branco'.

Questionado sobre os "motivos" que o levaram a escolher o antigo guarda-redes para o cargo de treinador da equipa principal, Pinto da Costa destacou várias qualidades do técnico.

"Motivos? Confiar na sua capacidade para desenvolver o trabalho que se lhe pede, no seu poder de liderança, na sua capacidade para fazer evoluir os jogadores e regressar às vitórias. Se eu não acreditasse, não estaria aqui nem ele nem eu", atirou Pinto da Costa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.