Pinto da Costa continua a comemorar os 40 anos de liderança no FC Porto e, este sábado à noite, reforçou a importância da união do clube de forma a que o futuro continue a ser vitorioso.

“O único apelo que faço a todos os que são do FC Porto é que escolham bem quem vai receber o meu testemunho para que continuemos a ganhar, a ser respeitados, unidos e a ter aquele lema de que juntos venceremos”, disse Pinto da Costa durante o jantar de comemoração dos 40 anos de presidência, que se realizou no Museu do FC Porto, no Estádio do Dragão.

O líder portista comparou Sérgio Conceição a José Maria Pedroto, entendendo que a mensagem portista é transmitida da mesma forma.

“Agora temos a felicidade de ter, não um José Maria Pedroto, mas alguém que, à sua imagem, é aquilo que se pretende no FC Porto. Um espírito de paixão, de querer sempre ganhar e de nunca estar contente com o que tem. De Pedroto até Sérgio Conceição, queria envolver todos num grande abraço de agradecimento.”

O tema sobre a sua sucessão continua a estar na agenda de Pinto da Costa, ainda não revelando se se recandidatará em 2024.

“Quando terminar, saberei comunicar e sei quando será, mas estou aqui para incentivar quem vier no futuro. Não podemos viver do passado nem das taças que estão neste museu, temos é que aumentar este museu cada vez mais. Faço um desafio a todos: hoje é o dia zero e, a partir de hoje, temos de ter ganho tantos campeonatos e tantas taças como a média dos últimos 40 anos. Está lançado o espírito de conquista, de vitória e de vontade de fazer do FC Porto cada vez maior. Enquanto aqui estiver, quero que todos tenham no espírito e no pensamento de que o limite, para nós, não existe. É muito difícil aguentar 40 anos, é impossível, mas neste caso o impossível só demorou 40 anos. O FC Porto nasceu a 28 de setembro de 1893 e aí começou uma imensa corrida que não terá fim. Época a época, vamos passando o testemunho. O único apelo que faço a todos os que são do FC Porto é que escolham bem quem vai receber o meu testemunho para que continuemos a ganhar, a ser respeitados, unidos e a ter aquele lema de que juntos venceremos. Se queremos que o FC Porto vença, temos que estar sempre juntos.”

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.